Com os novos tempos, Dudude propõe o lab in-vento, um laboratório virtual de improvisação que dialoga com a nova geração de artistas da cena contemporânea de BH

 Com os novos tempos, Dudude propõe o lab in-vento, um laboratório virtual de improvisação que dialoga com a nova geração de artistas da cena contemporânea de BH

Crédito: Frederico Herrmann

 
Crédito: Frederico Herrmann
Dudude inaugura, ao lado de 12 jovens artistas da cena mineira, a programação aberta ao público da 1ª edição do LAB IN-VENTO – laboratório virtual de informação, estudo, prática e treino da linguagem da improvisação em dança e música. Nos dias 25 de outubro (domingo) e 1º de novembro (domingo) acontece o Conversas Públicas – Dança lugar ampliado de expressão – videoconferências abertas ao público, pela plataforma zoom, com discussões e reflexões sobre dança e improvisação em contextos virtuais. O interessado se inscreve gratuitamente até 24 de outubro (sexta) pelo formulário no link: https://forms.gle/ccTTvSLpTZNWLdDaA. Já em 13 de dezembro (sexta-feira), Dudude realiza a publicação de um vídeo resultado do laboratório e a transmissão da live “Improvisação – encontros potentes, com Isabel Tica Lemos (SP) – introdutora da técnica de Contato Improvisação no Brasil. A live será no instagram @coisasdedudude. As primeiras ações do LAB IN-VENTO começaram em fevereiro deste ano, com a seleção dos participantes via chamamento público (Alisson Damasceno, Bárbara Maia, Bianca Sanches, Brisa Marques, Dalton Walisson, Daniel Gama, Flaviane Lopes, Guilherme Villeto, Ítalo Augusto, Luciana Lapér, Mamutte, Ricardo Campos). O início das práticas estava agendado para abril. Porém, com a pandemia, a artista precisou repensar e adaptar o formato do projeto para o digital. As improvisações e discussões passaram a acontecer remotamente pela plataforma zoom. Para Dudude, adequar-se ao modo remoto, sem perder a qualidade do encontro, foi um desafio. “No meu entender sobre como se dá a improvisação, precisei ter flexibilidade e me deixar habitar este lugar como um espaço novo e possível de invenção. Descobrir possibilidades de construir volume na tela plana, de tocar o outro em sua sensibilidade de ser potente. É fato que estamos nos divertindo. Os Lab inventistas têm muitos futuros e desejos de vir a ser, o que é maravilhoso. Nosso combustível é arriscar, atrever e inventar no pensamento desta linguagem curiosa que é a improvisação, compartilhar e trocar saberes, proporcionando novos impulsos e ideias sobre como suprir a falta do presencial”, explica. Durante dois meses, Dudude, com assistência da bailarina Heloisa Domingues, realizou encontros semanais com os artistas, para desenvolvimento das práticas do laboratório. Segundo a improvisadora, cada jovem artista escolheu para pesquisa um determinado espaço de sua casa, como a sala, a varanda, o quintal ou um lugar possível que não expusesse o participante à COVID 19. “Ficar em estado de experiência, deixar o corpo registrar, notar, gerar moveres distintos na inter-relação com espaço no qual cada um estará inserido. Criar danças com várias intensidades acompanhando o humor de cada dia. Achar a dança no espaço natural da vida”, explica. Projeto LAB IN-VENTO, nº 1629/2018, aprovado no Edital 2018 oriundo da Política de Fomento à Cultura Municipal (Lei nº 11.010/2016), possibilitou que os artistas selecionados recebessem durante o processo de pesquisa um recurso para dedicação durante um turno, ao laboratório. As práticas do laboratório têm como fonte norteadora a pesquisa de Dudude “Poética de um Andarilho – a escrita do movimento no espaço de fora”, realizada pela artista nos anos de 2003 e 2004, por meio das Bolsas Vitae. Dudude frequentou durante um tempo uma determinada Praça Publica na cidade de Belo Horizonte, transformando-a em espaço de dança. Ali se deixava observar, notar, escutar, mover, para entender esta relação intrínseca entre arte e vida. A experiência desta dança, no espaço natural da vida, foi transformada em palavra escrita pela artista. A pesquisa resultou na publicação do Livro: “Caderno de Notações – a escrita do movimento no espaço de fora” (2011 – ISBN: 978-85-912993-0-0). Este tem sido o Livro bússola fomentador para o desenvolvimento do LAB IN-VENTO. Todos os participantes ganharam um exemplar do Livro Caderno de Notações. INFORMAÇÕES EXTRAS FICHA TÉCNICA LAB IN- VENTO Coordenação Geral e condução do Laboratório: Dudude Assistente: Heloisa Domingues Coordenação de Produção: Patrícia Matos Artistas selecionados: Alisson Damasceno, Bárbara Maia, Bianca Sanches, Brisa Marques, Dalton Walisson, Daniel Gama, Flaviane Lopes, Guilherme Villeto, Ítalo Augusto, Luciana Lapér, Mamutte, Ricardo Campos Pesquisadora: Nicolle Vieira Redes Sociais e assessoria de imprensa: Rizoma Comunicação e Arte Identidade Visual: Carol Gischewski Fotos e edição de vídeo: Frederico Herrmann Intérprete de libras: Rosane Lucas SOBRE DUDUDE Dudude, artista de dança, é reconhecida não somente pelo seu trabalho na dança, mas pelas criações em que faz a interseção com diversas outras linguagens artísticas como o teatro, a performance, a música. Premiada diversas vezes como diretora, coreógrafa e intérprete, possui uma singular assinatura nas artes adquirindo projeção nacional ao longo vários anos de carreira. Dudude fez parte do Grupo Transforma, coletivo artístico da dança que marcou época em Belo Horizonte nos anos 70 e foi o propulsor de vários artistas e grupos, fazendo de Belo Horizonte local referência nacional para a dança. Estudante e companheira de trabalho de importantes nomes como Marilene Martins e Klaus Vianna, há 5 décadas atua no cenário cultural tendo se tornado testemunha importante da história da dança, além de referência para diversas gerações de artistas. Dudude é uma das artistas pioneiras no Brasil a utilizar linguagem da improvisação em dança. A artista desenvolveu uma maneira singular de aplicar, ensinar e entender a linguagem da dança contemporânea. Construiu uma pedagogia própria, a qual tem no corpo orgânico sua base de entendimento, com o suporte da educação somática direcionada para a linguagem da improvisação em dança. Desde sempre, ministra workshops voltados para a linguagem da improvisação pelo Brasil a fora. Apresentou-se como intérprete em diversas cidades do país e em países como Portugal, Alemanha e França. Atualmente possui seu Atelier de criação, com quase uma década de funcionamento, localizado em Casa Branca, onde promove ações para a comunidade artística e interessados, com ações focadas na arte contemporânea, envolvendo profissionais da cena viva. O espaço vem se tornando uma referência nacional. Já passaram pelo ateliê workshops e residências com diversos artistas locais, nacionais e internacionais. SOBRE TICA LEMOS IsabelTica Lemos é a introdutora da técnica Contato Improvisação no Brasil. É também uma das fundadoras do Estúdio Nova Dança, onde exerceu a função de diretora, bailarina, orientadora corporal e professora é também fundadora, pensadora corporal e intérprete da Cia Nova Dança 4. Atualmente o Estúdio Nova Dança é um projeto vivo e espalhado em diversos pontos da cidade de São Paulo, representado na figura de suas diretoras e integrantes das companhias além do seu corpo de professores e estudantes. É fundadora e diretora do “Juanita” um coletivo de profissionais que vem trocando experiências e impressões sobre a vida e a arte há alguns anos, por meio da dança, da música, do vídeo e da literatura. Dudude e Isabel Tica Lemos tem um caminho colaborativo de muitos anos e é justamente por isso que as duas estarão realizando a Live Improvisação –encontros potentes para falarem um pouco sobre os encontros que nos fazem avançar e tecer amizades pela vida fora. Este é o caso destas duas artistas. SERVIÇO DUDUDE promove a 1 ª edição do LAB IN-VENTO 2020 – modo virtual CONVERSAS PÚBLICAS – DANÇA LUGAR AMPLIADO DE EXPRESSÃO 25 de outubro, domingo – 19h Tema 1 – Diversidades corpóreas bem-vindas Plataforma ZOOM 1º de novembro, domingo – 19h Tema 2 – Escorrendo sobre improvisação Plataforma ZOOM Conversas abertas entre Dudude e os artistas participantes do Projeto Lab in-vento com a participação do público, com o objetivo de promover reflexões e produção de conhecimento sobre o processo de realização do Lab In-vento. (Inscrições gratuitas até 24 de outubro) pelo formulário online: https://forms.gle/ccTTvSLpTZNWLdDaA LIVE “IMPROVISAÇÃO – UM ENCONTRO POTENTE” 13 de novembro, sexta – 19h Dudude recebe Tica Lemos para uma conversa sobre improvisação. Tica Lemos, introdutória da técnica do Contato Improvisação no Brasil. Pelo Instagram @coisasdedudude VÍDEO RESULTADO DO LAB IN-VENTO 13 de novembro, sexta – 19h Exibição de vídeo produzido como resultado do processo do Lab In-Vento.

VivaOnline

Matérias Relacionadas