Resultados do ENEM 2020 apontam diminuição significativa em alunos com nota máxima em redação

Resultados do ENEM 2020 apontam diminuição significativa em alunos com nota máxima em redação

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 foram disponibilizados ontem (29) e o desempenho dos candidatos na redação chamou a atenção. Apenas 28 pessoas tiveram a nota máxima, quase a metade de 2019, que registrou 53 notas mil. Para a professora Jana Rabelo, especialista em redação, o grande número de abstenções – quase 3 milhões em 5,8 milhões de inscritos, influenciou diretamente neste resultado.

 

“A pandemia contribuiu para as ausências e também na média de proficiência em redação, que foi de 588 pontos de 1000. Observamos que as habilidades de escrita dos brasileiros precisam de muita melhoria. Mas isso foi agravado, obviamente, com a suspensão das aulas presenciais que atingiu, principalmente, os alunos de escolas públicas e classes mais baixas”, comenta.

 

Com relação ao tema da redação, “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”, a professora – mestre em estudos linguísticos, considera um nível médio de dificuldade. “Ao longo desse ano de pandemia a sociedade brasileira discutiu muito a questão da saúde, incluindo as doenças mentais. Entretanto, havia um dificultador na frase temática que é a presença da palavra ‘estigma’. Os alunos precisavam especificamente falar do preconceito, da aversão acerca da discussão do tema. O recorte dado pelo comando da redação dificultou para o aluno que eventualmente estivesse ansioso, nervoso e poderia deixar de falar desse preconceito”, explica.

 

Para os candidatos que precisam melhorar seu desempenho na próxima edição do Enem e mesmo para quem está se preparando para a prova pela primeira vez, este é o momento de aproveitar os resultados a seu favor. “É importante analisar a nota em cada competência, procurar no rascunho as falhas que conduziram a elas. E analisar também os pontos fortes. Toda a bagagem acumulada na preparação pode ser utilizada pra 2021. Acho imprescindível que o aluno estude a própria redação, mas tendo acesso às redações nota 1000, é possível prestar atenção às estratégias e estruturas bem sucedidas também”, indica Jana Rabelo.

 

Especializada em aulas de redação para o Enem e vestibulares, Jana Rabelo mantém hoje uma salinha virtual, com um curso de alto desempenho. São turmas menores com atendimento personalizado, a fim de desenvolver as estratégias de melhorias de texto e otimizar a performance nas provas. Mas, ela ressalta que, principalmente com as dificuldades trazidas pela pandemia, há muito material online gratuito disponível para quem precisa. Durante o isolamento social, Jana intensificou os conteúdos virtuais a fim de democratizar o conhecimento e atualmente ela realiza lives e compartilha dicas valiosas para quem está estudando quase diariamente no Instagram e YouTube.

 

“Eu tive alunos de escola pública que ficaram sem aulas. E que, unicamente acompanhando as lives, conseguiram 960 pontos. É necessária uma disciplina acima da média pra acompanhar as aulas dessa maneira, mas existe conteúdo gratuito diversos nas plataformas digitais. Isso faz parte do objetivo da democratização da educação. A pandemia aprofundou as desigualdades que são, infelizmente, históricas no Brasil. Mas essas iniciativas conseguiram, pelo menos, começar a reverter essa desigualdade”, finaliza.

Matérias Relacionadas