Minha casa, meu santuário.

 Minha casa, meu santuário.

A nossa casa é uma espécie de santuário, um mundo perfeito que criamos para viver em harmonia e também um refúgio nesse universo cada vez mais digital.  O mundo lá fora pode estar um caos, mas é dentro da nossa de casa é que encontramos a paz e a tranquilidade, independente de como anda o universo. Dessa forma, podemos dizer que uma das melhores maneiras de conhecermos realmente uma pessoa é visitando a sua casa, ou seja, o seu mundo. É pela disposição e desenhos dos móveis, adornos e também pelas lembranças e conexões acumuladas nas imagens dos porta-retratos, além de diversos outros fatores que contribuem para entendermos como aquela determinada pessoa se relaciona com o universo e com as outras à sua volta.

Por este motivo, está cada vez mais claro que, ao cuidarmos bem da nossa casa, estamos cuidando de nós mesmos.  A chegada de uma planta nova para aquele cantinho esquecido da sala pode trazer muito mais benefícios do que a compra de uma roupa nova ou até de uma joia. Um arranjo floral na mesa de jantar ou qualquer outro espaço da casa, por mais simples que possa parecer, é responsável por deixar o ambiente muito mais leve e inspirador. Cuidar da casa onde vivemos é o maior presente que podemos nos dar. É ali que passamos grande parte da nossa vida. E na maioria das vezes, os momentos mais felizes, comprovante a tese de que a felicidade está nas coisas simples. Pesquisas das Universidades de Bergen (Noruega) e Gutemburgo (Suécia) apontam que a capacidade de fazer mudanças estruturais em um imóvel é essencial para nos reconhecermos como pertencentes à casa. Isso nos ajuda a criar  e manter um elo emocional com o espaço. É por este motivo que sentimos saudade de casa quando passamos muito tempo fora. Ou então, depois de um dia cansativo ou de estarmos diante de um grande problema, tudo o que queremos é chegar em casa.

Pensando no bem-estar, muita gente vai atrás de profissionais especializados como arquitetos, designers de interiores e paisagistas, em busca de projetos que reflitam o estilo dos moradores e traga como consequência direta a qualidade de vida. Investir num projeto ou num layout bacana é o primeiro passo para quem pretende viver numa casa aconchegante e harmoniosa. Não estou falando de luma residência cercada de luxo e sofisticação. Aliás, nada mais luxuoso ultimamente que o essencial. Ninguém quer perder tempo e, principalmente dinheiro, adquirindo coisas que jamais contribuirão  para nos tornar pessoas melhores e mais otimistas. Ao assumir que você pode e deve ser responsável por tudo aquilo que te faz bem, ,o ato de cuidar da casa pode ser libertador, e ao mesmo tempo, uma excelente terapia. Você certamente já ouviu casos de pessoas que tinham o objetivo de dar aquela repaginada na sala de TV apenas com a troca das almofadas do sofá e do tapete, mas conseguiram na verdade é dar uma repaginada na vida.  E é por isso que estarei aqui com vocês, contribuindo para falar sobre pequenas ou grandes mudanças,  que podem contribuir para nos deixar muito mais felizes. 

VivaOnline

Matérias Relacionadas